Coordenações

GESTÃO MANDACARU
gestao-mandacaru
GERAL

Larissa Braune Rocha

Responsável por responder pela representatividade oficial dos estudantes de medicina da Famerp, além de gerir a gestão do CAEZ e manter a união e coesão de todas as coordenações. O coordenador geral também deve manter contato com a direção geral da Famerp, presidir as reuniões ordinárias, assembleias gerais e substituir os demais coordenadores quando necessário.
ADMINISTRATIVO E PATRIMÔNIO

Guilherme Paz Mota (Sueca)

Responsável por elaborar as atas das reuniões ordinárias, extraordinárias e das assembleias gerais convocadas pelo CAEZ. Além disso, articula em quesitos administrativos como regulamentação de estatutos e regimentos internos. Se responsabiliza também por zelar pelo patrimônio maior do órgão, a Casinha. Nesse sentido a coordenação se preocupa com a manutenção da sede do CAEZ para que seja aproveitada pelos alunos da melhor maneira possível, atuando conforme a demanda.
COMUNICAÇÕES

Julia Ramos de Campos Silva e Beatriz Oliveira de Moraes

É a ponte entre o centro acadêmico e os estudantes, responsável pela divulgação de tudo que é realizado pelo CAEZ. Por meio do periódico acadêmico Diagnóstico, a coordenação suscita o debate de temas relevantes para a comunidade acadêmica. Além disso, a coordenação realiza a manutenção do site do Centro Acadêmico (www.caez.org.br) e do Workshop (www.workshopFamerp.com), das páginas no Facebook (CAEZ, Eu Quero Famerp, Desassistência Famerp, Workshop de Medicina Famerp e CLEV Famerp) e do perfil do CAEZ em outras redes sociais.
FINANÇAS

Larissa Martins Olímpio

Responsável por zelar pelos recursos monetários e bens de valor pertencentes ao CAEZ. Gerencia a arrecadação das rendas, dos patrocínios, das doações públicas e privadas feitas ao Centro Acadêmico, assim como efetua as despesas autorizadas pela Coordenadoria. Auxilia financeiramente as outras Coordenações ao cobrir despesas fundamentais à execução das suas atribuições. Mantém registradas receita e despesa em livros específicos, e movimenta, juntamente com o Coordenador Administrativo, as contas bancárias do CAEZ. Anualmente, em Assembleia Geral ordinária, como prestação de contas à comunidade Famerpiana, apresenta relatório minucioso das atividades da Coordenadoria durante seu mandato.
CIENTÍFICO

Ana Paula Santana Lopes e Joyce Santana de Oliveira

Organiza e fomenta o desenvolvimento, produções e discussões científicas do corpo discente realizando palestras, conferências, cursos e outras atividades afins que enriqueçam sua formação acadêmica; divulga, em conjunto com a Coordenação de Comunicações, encontros, congressos, palestras, concursos, editais e outras promoções de interesse dos alunos, procurando estimular também a participação deles nos mesmos; participa do Congresso Anual de Iniciação Científica (CAIC); participa ativamente das reuniões da Câmara de Pesquisa da Famerp, uma vez que é membro nato da mesma, levando a esta os interesses e dúvidas do corpo discente da medicina e informando este do que ocorre nessa instância; participa também das reuniões do Comitê de Ética em Uso de Animais (CEUA), uma vez que é membro nato deste, ou indicar um suplente que o faça, levando ao CEUA os interesses e dúvidas do corpo discente da medicina e colaborar com suas atividades; zela pelo bom andamento das atividades do Conselho das Ligas da Famerp (COLIG) executando e respeitando os artigos e atividades deste conforme Regimento Interno do COLIG.
SÓCIOCULTURAL

Clari Júllia Mastropietro Cavichioli, Higor Meneses Ruegenberg Rodrigues (Bagulho) e Gabriel Stringelli Monteiro

Busca manter a discussão acerca da cultura e sociedade dentro do Centro Acadêmico. A coordenação é responsável pela Semana Cultura, momento em que ocorrem exposições, almoços temáticos e o Prata da Casa, evento em que os alunos da Famerp são os artista no palco. Também realiza o Cine CAEZ, buscando por aliar o cinema às discussões atuais. Outro evento é o 24 horas na Casinha, realizando a integração dos estudantes com a Casinha, a sede do Centro Acadêmico. Também realiza festas, tais como o Sambaralho, festa que é realizada há 45 anos e ocorre antes do carnaval; e a Fifty Cents, que costuma ocorrer no mês de junho e tem como objetivo a integração dos estudantes.
EDUCAÇÃO E SAÚDE

Andrea Mari Hamada Ogushiko, Elisa Amorim Violante Viana Silva, Guilherme Paz Mota (Sueca) e Larissa Martins Olímpio

Buscar atender as demandas dos estudantes da Famerp relacionadas ao ensino, atuando em questões que abordam o currículo, as avaliações e métodos utilizados para educação. Para alcançar melhorias nesses quesitos, a coordenação relaciona-se com a Diretoria Adjunta de Ensino, buscando a discussão do ensino médico em nossa instituição e trazendo novas ideias a partir de seu vínculo com a ABEM – Associação Brasileira de Educação Médica. Também atua defendendo os interesses e o ensino dos discentes na Comissão do Internato, que busca regulamentar e garantir o aspecto acadêmico de nossos cenários de prática, como o Hospital de Base e o Ambulatório de Especialidades; no Núcleo de Processos Avaliativos, cuja função é implantar a avaliação dos curso e das disciplinas pelo discentes e docentes; na Câmara de Graduação, expondo e lutando pelos interesses dos estudantes, como na elaboração da Norma Regulamentar sobre o Rendimento Escolar. A Coordenação também é responsável pela realização do OSCE (Objective Structured Clinical Examination) para o internato, uma avaliação da atividade prática aprendida nos estágios, proporcionando aos internos acompanhar a evolução de seu aprendizado profissional.
EXTENSÃO E POLÍTICAS DE SAÚDE

Luísa Beato Carvalho, Tiago Novaes Pereira (Messi) e Igor Moro Gorla

Promove a realização de 2 projetos de Extensão Universitária:
CRIA VIDA – ocorre na ARPROM com adolescentes de 16 anos ingressantes no mercado de trabalho. O Projeto visa atender as demandas apontadas pela Coordenação da ARPROM, sendo os temas centrais as drogas lícitas, ilícitas e a sexualidade. Os encontros ocorrem por meio de ciclos de três encontros que se repetem a cada três meses, respeitando o caráter rotacional dos adolescentes na instituição de ensino.
EME (Educação, Música e Esporte) – é realizado há quatro anos na ALARME (Associação Lar de Menores de São José do Rio Preto) com alunos de 13 a 15 anos, propondo temas que se enquadram nas áreas de educação, música e esporte que são trabalhados alternadamente às sextas feiras visando o desenvolvimento crítico de seus participantes, além da troca de informações.
POLÍTICAS EXTERNAS

Paula Maximiano Leite dos Santos, Yuriki Muniz Okada e Andressa Marchioro dos Santos

Mantém contato com os demais centros acadêmicos de medicina possibilitando o intercâmbio de experiências e demandas, ao mesmo tempo em que também divulgamos o nossa própria instituição (CAEZ). Muito dessa troca se dá por meio da DENEM – Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina. Ademais, cabe à Coordenação de Externas suscitar entre os alunos a discussão sobre temas que se relacionam com as pautas discutidas tanto pela DENEM como pelos centros acadêmicos com os quais nos mantemos próximos. Cabe também a essa coordenação divulgar e participar dos eventos que tem como finalidade a construção e a manutenção do movimento estudantil.
ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

Carolina Ayumi Oshiro (Flango), Lara dos Santos de Brito, Gabriel Stringelli Monteiro e Bianca dos Santos Bertholini

Trabalha para atender as demandas dos nossos alunos. Para tal, nos relacionamos com a Diretoria Adjunta de Alunos. Buscamos ao máximo a permanência daqueles que aqui passam, através de lutas em conjunto com o CASA, da busca pela existência do NASA, pela melhoria do SOPPA, do aprimoramento do programa de Tutoria/Mentoring, entre outros. Além disso, a coordenação também participa da Comissão Gestora Local, comissão que trabalha e representa os programas de Pró e Pet Saúde da Famerp, além do pró-residência e residência multiprofissional.
CLEV

Larissa Louzada Yamaki (Garça)

A Coordenação Local de Estágios e Vivência (CLEV) é responsável por promover os intercâmbios e vivências da DENEM, além de estimular atividades acadêmicas e de extensão universitária. Além disso, a CLEV é a coordenação que representa o CAEZ nas esferas internacionais da IFMSA, trazendo o debate exterior de saúde para a Famerp, como o funcionamento dos diversos tipo sistemas de saúde e campanhas mundiais de saúde da mulher, HIV e AIDS e educação médica.
Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *